SARA GIROMINI FOI TRANSFERIDA PARA PENITENCIÁRIA FEMININA


Por: Amarildo Mota


SARA GIROMINI FOI TRANSFERIDA PARA PENITENCIÁRIA FEMININA.

Sara Giromini ou Sara Winter como gosta de ser chamada, foi transferida na tarde de quarta feira, dia 17/06, para a penitenciária feminina, também conhecida como colméia, que fica na cidade satélite do Gama-DF.

A extremista Sara Giromini é a líder do grupo 300 do Brasil, que apoia o Presidente Jair Bolsonaro, estava detida em prisão temporária, pelos atos antidemocráticos como ameaçar ministros, pedir o fechamento do STF entre outros atos.
O advogado da extremista declarou que sua cliente fora presa de forma arbitrária, ilegal e política.

De acordo com Edval Cardoso, secretário de administração penitenciária, Sara Giromini ficará isolada em uma cela .

Após a transferência, dois homens foram detidos por soltarem fogos de artifício em direção ao prédio. Um deles é namorado de Sara Giromini, identificado como  Giovane Furtado. O outro detido é Renan Morais.

Postar um comentário

0 Comentários