IBANEIS VOLTA A FECHAR ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS APÓS AMEAÇAS DE MANIFESTANTES




Por: Amarildo Mota


IBANEIS VOLTA A FECHAR ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS APÓS AMEAÇAS DE MANIFESTANTES.


Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal, decidiu fechar  a Esplanada dos Ministérios nos dias 16 e 17/06.
A medida foi publicada por meio de decreto, após ameaças de manifestações com conteúdo anti constitucionais e contra os Poderes constituídos. O decreto levou em consideração também, ameaças dirigidas à Cúria Metropolitana, sede da arquidiocese de Brasília. O prédio fica na Esplanada dos Ministérios. A ameaça foi dirigida ao Bispo auxiliar Dom Marcony. Segundo ele, cerca de 15 pessoas montaram barracas em frente a Catedral de Brasília na manhã desta terça feira, 16/06.
A Polícia Militar do DF disse aos manifestantes que não poderiam fazer o acampamento, uma vez que aglomeração de pessoas está proibido no Distrito Federal, devido ao novo coronavirus.
Conforme Dom Marcony, os manifestantes disseram a PM que o " Bispo havia deixado". A polícia procurou o Bispo que só então soube o que estava ocorrendo. E ao conversar com os representantes, falou não ser possível permanecer no local. Nesse momento eles ficaram exaltados e um dos manifestantes em claro tom de ameaça falou:
"Você não sabe com quem está falando, nós vamos voltar".
Dom Marcony explicou que se sentiu ameaçado e preocupado com o patrimônio da cidade , que é a Catedral metropolitana Nossa Senhora Aparecida, conhecida como a Catedral de Brasília.
De acordo com o decreto publicado nesta terça, o trânsito de veículos e pedestres desde a Rodoviária do Plano Piloto até a Praça dos Três Poderes , ficará restrito até as 23h59 de quarta. O acesso só será permitido a autoridades e trabalhadores "devidamente identificados e que estejam em serviço".

Postar um comentário

0 Comentários