Por: Amarildo Mota

CONSEQUÊNCIAS PSICOLÓGICAS DO LONGO CONFINAMENTO IMPOSTO PELA PANDEMIA.


   Em meados de junho, o novo Coronavírus já havia contaminado mais de 9 milhões de pessoas e matado pelo menos 470 mil.

  Estima se que pelo menos 2,6 bilhões de pessoas forem colocadas em quarentena em março.

   Esse longo confinamento podem levar a consequências psicológicas em grande número de pessoas, e segundo a professora de psicologia da saúde na Universidade de Vrije, em Bruxelas, afirma que estamos diante do maior experimento psicólogico da história.

   A falta de atenção das autoridades com relação à assistência psicológica, fará o mundo pagar um preço muito alto.
   Em entrevista concedida à BBC Mundo, Elke Van Hoof falou que as pessoas reagem às adversidades, primeiramente sendo resilientes, ou seja, muitos conseguiram se reinventar e recriar suas vidas da melhor forma possível durante a quarentena e que independentemente da situação difícil que nos encontramos, temos forças para nos tornar a melhor versão de nós mesmos.

   Afirma ainda Elke Van Hoof, professora e especialista em stress e trauma, poderíamos estar mais bem preparados se a importância da saúde mental tivesse sido abordado antes da pandemia.

   Infelizmente, afirma ainda, que mesmo diante do grave momento da pandemia a saúde mental continua não recebendo a devida importância .

   É observado um alto nível de stress tóxico e que precisa ser monitorada, especialmente aqueles que enfrentaram a doença em UTIs ou tiveram algum familiar doente. Há a previsão de uma resposta tardia nessa população de três a seis meses mesmo após o final da pandemia. O mais agravante, é porque não foi criado um esboço do que estamos vivendo, e é um grande desafio, pois não estamos bem preparados, afirma a professora.

   As pandemias anteriores foram em menor escala, e agora temos empresas fechando as portas e um terço do mundo está de alguma forma confinado, daí, a incerteza do que está por vir, segundo a definição que Elke dá para " o maior experimento psicólogico da história".

   Em resposta à pergunta da BBC,  sobre quais as consequências psicológicas , ela respondeu que a primeira é a sensação de estar sobrecarregada, dificuldade para dormir, irritação...... E quando se é atingido por uma pandemia de tal magnitude, a tendência é sermos mais solidários e o sentimento de coesão social, porque todos estão tendo o mesmo sentimento. Existem as más consequências, mas também existem algumas que dão esperança.

   Alerta ainda, para o aumento do risco da violência doméstica, o que não é bom sinal, pois indica que a quarentena tem um efeito severo nas pessoas. Falou ainda, da possibilidade das pessoas desenvolverem stress pós traumático, como os observados nas guerras haja visto que o nível de stresse está alto.   

   E o grupo que corre mais risco, são os da área da saúde porque estão na linha de frente. Há também aqueles que em que membros da família foram afetados ou vieram a óbito devido a Covid 19.

   É importante observar sinais como sentir se mais ansioso, sentir pressão no peito, falta de ar, insônia, ficar muito emotivo ou irritado.  É nesse momento que procurar ajuda é importante, pode ser por auto ajuda ou com apoio profissional.

   E o mais importante, alerta a professora, que você sempre ganha quando se encaminha para melhores cuidados da saúde mental para a população em geral, pois saúde física e psicólogica x economia dependem uma da outra.

Postar um comentário

0 Comentários