A Terceira Câmara do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovou, nessa segunda-feira (26), as contas da gestão de Ibaneis Rocha, que esteve à frente da Seccional da OAB do Distrito Federal entre 2013 e 2014. 


Os números da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/DF) também indicaram resolução de pendências e reorganização contábil, ainda no primeiro ano da gestão.

O conselheiro relator Marcelo Terto Silva (GO) votou, com moção de louvor, pela aprovação das contas em ambos os exercícios e foi acompanhado por todos os colegas. Ao votar, ele afirmou que os documentos apresentados “demonstraram não apenas a regularidade das contas, mas a competência com que se recuperou a saúde financeira da Seccional”.

Nesta quarta-feira (21) o senador Hélio José (PMDB-DF) acabou pagando pela votação ocorrida nesta última terça-feira (20) na Comissão de Assuntos Sociais – Cas. O relatório de Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre a reforma trabalhista foi rejeitado pela comissão por 10 votos contrários e 9 a favor, onde o voto do senador Hélio José foi decisivo para a primeira derrota desta proposta da reforma trabalhista no Senado Federal

Juristas, médicos e a sociedade civil discutirão, no dia 22 de junho, às 19h, o que não está sendo falado sobre o impacto causado pela legalização de drogas em todo o mundo, durante o seminário “Drogas: o que não está sendo dito”, organizado pelo Movimento Brasil Sem Drogas, em conjunto com as comissões de Políticas Públicas Sobre Drogas da OAB/DF e da OAB/CE

Datas foram acordadas em reunião do chefe da Casa Civil e do secretário de Fazenda com sindicalistas, na tarde desta terça-feira (13), no Palácio do Buriti

Em reunião com representantes do Sinpro-DF, o secretário da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais do DF, Sérgio Sampaio, e pelo Secretário de Fazenda do DF, Wilson de Paula, foi acordado o cronograma de pagamento das pecúnias. Foto: Nilson Carvalho.
Tecnologia do Blogger.