segunda-feira, 12 de junho de 2017

Administração de Plano Piloto abre as aulas da 3ª turma da Escola de Gestão Comunitária em 2017

Mais de quatrocentos síndicos, lideranças comunitárias, zeladores e porteiros já participaram das capacitações em 2017

Começou nesta segunda-feira (12/06) o curso para síndicos, com o módulo especifico de engenharia e arquitetura para os síndicos de condomínios, pelo programa Escola de Gestão Comunitária, da Administração Regional do do Plano Piloto. Esta é a 3° turma da escola em 2017 e tem a participação de cerca de 150 síndicos de diversos pontos do DF. 

O administrador do Plano Piloto, Marcos Pacco, afirmou que sente “imensa alegria com a confirmação do sucesso dos cursos para síndicos, zeladores, porteiros e lideranças comunitárias, numa parceria com instituições como o CREA, Sindicondomínio, Abrassp e figuras destacadas como a professora Landejaine Maccori, além de órgãos do Governo de Brasília”.


Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, o Governo de Brasília, por meio da Administração Regional do Plano Piloto, criou a Escola de Gestão Comunitária, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos de quadras e membros de associações de moradores.


Os cursos de capacitação profissional da Escola de Gestão Comunitária abordam temas diretamente relacionados ao dia a dia dos trabalhos das lideranças comunitárias. O curso para porteiros abrange estratégias de segurança, motivação e perfil profissional; o de síndico aborda gestão de condomínio, estratégias de negociação, motivação, contabilidade, direito, eventos, organização, engenharia; enquanto as aulas para zelador prestam informações que ajudam no planejamento da limpeza de edifícios, como os melhores horários e momentos, com metodologia específica. 

Os outros cursos abrangem estratégias de segurança, motivação, regras de limpeza, estratégias de negociação, noções de contabilidade, direito, eventos, organização, engenharia, entre outros temas. Os horários das aulas vão de 19:30 às 22:30 e a carga horária varia de 7h/a à 80h/a.

Especialistas de organizações parceiras que ministram as aulas, referência em suas áreas de atuação. Incluem temas como legislação de condomínios, noções de contabilidade, mediação de conflitos, Brasília tombamento e regras para intervenção e a relação estado/sociedade civil no DF, engenharia dentre outros temas.


O professor Fernando Autran deu início à série de aulas da 3ª turma, no curso de regras de engenharia e arquitetura para síndico, o curso visa mostrar a importância da engenharia na manutenção da estrutura física do condomínio, pra trazer dessa forma, uma qualidade de vida melhor para todos. 

Os participantes recebem um certificado, que é reconhecido pelo Ministério da Educação como curso livre. A formação tem duração de aproximadamente 4 semanas. 

Segundo o administrador do Plano Piloto, Marcos Pacco, a Escola de Gestão Comunitária é uma ação importante e continuará inovando e oferecendo mais cursos no próximo semestre desse ano e em 2018. As inscrições, para as próximas turmas, serão feitas pelo site da administração, www.planopiloto.df.gov.br.

Está prevista a abertura para mais sete cursos, nas áreas de condomínios, empreendedorismo, eventos, administração do tempo, concurso e prè-enem.

ESCOLA DE GESTÃO COMUNITÁRIA – A escola foi criada pelo Governo de Brasília, na Administração Regional do Plano Piloto, com o intuito de apoiar o trabalho das lideranças comunitárias, por meio da capacitação profissional de porteiros, síndicos, empreendedores, lideranças, prefeitos de quadras e membros de associações de moradores. A primeira turma foi em abril de 2017.