domingo, 29 de janeiro de 2017

Orquestra Sinfônica homenageia Beethoven em 2017

Série de concertos lembra os 190 anos da morte do compositor alemão. Em fevereiro, grupo faz duas apresentações gratuitas

Em 2017, a programação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro será dedicada a Ludwig van Beethoven (1770-1827). Por meio de concertos temáticos, o grupo apresenta parte da extensa obra do alemão, considerado uma das maiores referências da música mundial. A iniciativa lembra os 190 anos da morte do compositor. A série comemorativa começa com os shows de fevereiro.

O maestro titular da orquestra, Cláudio Cohen, ressalta que a tradição de homenagear mestres da música em datas marcantes é uma forma de manter viva a memória deles. “Criamos oportunidades para que o público conheça e acesse as obras destes artistas.” Ao longo do ano, devem ocorrer oito concertos com o apoio da Embaixada da Alemanha, parceira no projeto.


No programa estão nove sinfonias, cinco concertos para piano e orquestra, concerto para violino, aberturas sinfônicas e outras obras-primas do músico, como forma de oferecer um panorama geral sobre o compositor. “Suas obras são essenciais para o desenvolvimento de qualquer músico profissional e para o enriquecimento cultural de qualquer cidadão do mundo”, defende Cohen.

Beethoven viveu no fim do século 18 e início do século 19, durante a Revolução Francesa e a Era Napoleônica, período de transição do Classicismo para o Romantismo. De acordo com Cohen, o legado do europeu é fundamental no repertório da orquestra e como referência de desenvolvimento técnico e de conjunto, dentro da tradição da música clássica erudita.
Programação de fevereiro da Orquestra Sinfônica

Depois de um recesso, o grupo volta a ensaiar no Cine Brasília (106/107 Sul) na quinta-feira (2). O local será palco das apresentações do mês. A programação de fevereiro começa no dia 7, às 20 horas, com a abertura de As Criaturas de Prometeu, a Sinfonia nº 1 e a Sinfonia nº 2.

No dia 14, os músicos sobem novamente ao palco do cinema, também às 20 horas, para executar a abertura de Coriolano, o Concerto para violino e orquestra — com participação do solista Alessandro Borgomanero — e a Sinfonia nº 3. Na segunda quinzena de fevereiro, não haverá concertos por conta do feriado do carnaval.

Ilustração: Lidiane Holanda.