segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Danilo Melo pode ser candidato a prefeito

O empresário e filho de Cidade Ocidental, Danilo Melo pode disputar a prefeitura de Cidade Ocidental.

Perguntado pela redação do CO.net Danilo Melo diz “não penso em ser candidato, mas se o cavalo passar arreado eu monto e se eu puder ajudar minha gente não abandonarei Cidade Ocidental”, falou o empresário.

Para quem não sabe foi Danilo quem trouxe para a região o condomínio Alphaville.

Danilo Melo e filho da região nascido e criado em fazenda do município.

sábado, 22 de novembro de 2014

Nova equipe econômica de Dilma indica arrocho fiscal no segundo mandato

Ao optar por Joaquim Levy na Fazenda, definir Nelson Barbosa no Planejamento e manter Alexandre Tombini no BC, a presidente sinaliza que pretende arrumar as contas públicas para resgatar a confiança e tentar tirar a economia do atoleiro

A presidente Dilma Rousseff cedeu aos apelos do mercado e admitiu ontem que precisa mudar urgentemente a política econômica para evitar um segundo mandato desastroso. Depois de muito relutar, escolheu Joaquim Levy, hoje diretor da Bradesco Asset, para suceder Guido Mantega no Ministério da Fazenda. Levy tem um pensamento econômico totalmente oposto ao que prevaleceu nos últimos quatro anos e que levou o país à recessão e a conviver com inflação no teto da meta, de 6,5%.

Como era de esperar, Dilma decidiu criar um contraponto à linha ortodoxa de Levy, comparada à de Armínio Fraga, que seria o ministro da Fazenda caso Aécio Neves fosse o vencedor nas últimas eleições. Ela chamou Nelson Barbosa para o Ministério do Planejamento. O economista foi secretário executivo da Fazenda e criou laços importantes com a presidente ao participar da elaboração de programas como o Mina Casa, Minha Vida. O trio que comandará a economia a partir de 2015 será completado por Alexandre Tombini, mantido na presidência do Banco Central.

O anúncio oficial da nova equipe será feito na próxima quarta-feira. A expectativa, alimentada pelo Palácio do Planalto, era de que a divulgação ocorresse ontem. Mas Dilma não conseguiu fechar todos os nomes para a economia. Estão pendentes os ocupantes do Tesouro Nacional — não há a menor possibilidade de Arno Augustin permanecer no posto, devido aos truques contábeis que minaram a confiança nas contas públicas — e dos bancos públicos, esses ambicionados por políticos.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Saiba como são realizados os sorteios das loterias

Realização envolve planejamento, tecnologia e a população, responsável por apostar e auxiliar na fiscalização


Grande parte dos brasileiros tem o hábito de apostar nas loterias da Caixa Econômica Federal, a famosa “fezinha”, mas será que você sabe como são organizados e distribuídos esses sorteios? 

A sua realização envolve planejamento, tecnologia e, claro, a população, que é a responsável por apostar e também auxiliar na fiscalização dos procedimentos. O cuidado com as etapas é grande para evitar fraudes e erros, como, por exemplo, a repetição de números durante o sorteio. 

Os concursos das modalidades Mega-Sena, Quina, Lotofácil, Lotomania, Dupla Sena e Timemania são realizados no Caminhão da Sorte, que pode estar situado em locais de grande evidência pública, previamente escolhidos e divulgados quando o sorteio for itinerante; em estúdio de uma emissora de TV, localizado em Osasco (SP); ou no Auditório da Caixa, em Brasília (DF).

Em relação aos sorteios televisionados, sempre são montados dois globos, um titular e um reserva. O equipamento substituto é carregado com o mesmo número de bolas do principal e pode ser utilizado caso ocorra algum problema que impeça o uso primeiro aparelho. 

Além do planejamento relacionado à exibição do sorteio, todo o aparelhamento utilizado no concurso tem uma razão de ser. Por exemplo, as bolas que contém os números estampados em sua superfície possuem cores diferentes para facilitar a identificação e essas cores são determinadas pelos números apresentados nelas. 

Confira como é a relação números e cores: 
Bolas terminadas em 1 são vermelhas;
Bolas terminadas em 2 são amarelas;
Bolas terminadas em 3 são verdes;
Bolas terminadas em 4 são marrons;
Bolas terminadas em 5 são azuis;
Bolas terminadas em 6 são rosas;
Bolas terminadas em 7 são pretas;
Bolas terminadas em 8 são cinzas;
Bolas terminadas em 9 são laranjas; e
Bolas terminadas em 0 (zero) são brancas.

Sorteio 

Para o sorteio, as bolas são carregadas em colunas, em repositórios com capacidade para 100, 80 ou 60 bolas. Esse total varia conforme o local de sorteio e a modalidade a ser sorteada. 

Desse modo, as bolas são inseridas automaticamente no globo e, após seu acionamento, é que ocorre o embaralhamento. As esferas só serão consideradas como sorteadas se forem completamente extraídas do globo para a caçapa. 

Em relação a saída dos números sorteados, as bolas, depois de extraídas, não retornam ao globo, pois ficam expostas para posterior conferência. 

Defeitos e ações 

Os sorteios estão sujeitos a imprevistos e problemas relacionados aos equipamentos. Para tal, a Caixa Econômica Federal possui um planejamento prévio para algumas ocasiões. 

Por exemplo, se o globo ejetar mais de uma bola, todas as bolas sorteadas são válidas. A exceção a essa regra se dá quando o sorteio realizado contemplar o último número do concurso. Nesse caso, vale a bola que cair em primeiro lugar. 

Uma segunda situação possível seria a necessidade de intervir no globo utilizado no sorteio. Quando há um caso desse tipo, a ação só pode ser realizada por um empregado da CEF, um assistente de palco ou integrantes da equipe de sorteio. As três opções de responsáveis devem sempre estar acompanhados pelos auditores populares. 

Outro exemplo é a impossibilidade de utilizar o conjunto de bolas previsto para a modalidade a ser sorteada. Em uma situação como essa, a Caixa permite, excepcionalmente, o uso do conjunto de bolas pertencentes à outra modalidade, desde que contenha o universo de números previsto para o sorteio. 

Caso não haja possibilidade de realização dessa alternativa, são utilizados 2 globos, com conjunto de bolas numeradas de 0 a 9. Sobre o uso do globo reserva, a prioridade dos números sorteados é do globo principal. O segundo equipamento serve apenas para complementar o primeiro. Além disso, as repetições de números serão desconsideradas.

Modalidades 

Confira as datas e o total de números sorteados referentes a cada modalidade:
Mega-Sena (quarta e sábado):

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 60. São sorteados 6 números por concurso.
Lotomania (quarta e sábado):

É utilizado um globo, carregado com bolas numeradas entre 00 e 99. São sorteados 20 números por concurso. 
Quina (segunda a sábado)

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 80. São sorteados 5 números por concurso. 
Dupla Sena (terça e sexta)

É utilizado um globo, mas, nesse caso, são realizados dois sorteios distintos, de onde são extraídos seis números diferentes em cada procedimento. As bolas são numeradas entre 01 e 50. 
Lotofácil (segunda, quarta e sexta)

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 25. São sorteados 15 números por concurso. 
Timemania (terça, quinta e sábado)

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 80. Concorrem ao sorteio 80 números inteiros contidos no volante e 80 times de futebol brasileiros, classificados como Time do Coração. 

O sorteio dos prognósticos numéricos consiste na extração de 7 números diferentes. Após o sorteio desses 7 números, é sorteado mais um número no segundo globo para definir o "Time do Coração". 

Na escolha do "Time do Coração", cada time é representado por um número constituído de 2 algarismos atribuído pela área de loterias e exposto no local do sorteio.


A definição do time é dada pela correlação do número sorteado com a relação dos clubes de futebol contidos no banner, que fica exposto nos locais dos sorteios, exceto em estúdio de TV, onde a relação dos clubes é exibida por meio digital.